segunda-feira, 25 de setembro de 2017

SEMANA POLÊMICA


Não é só pelo jogo de ontem, mas vamos começar por ele. TIME QUE QUER SER CAMPEÃO PRECISA JOGAR COM VONTADE! E não foi isso que eu vi contra o São Paulo. Se no primeiro turno o Corinthians dominava o jogo em qualquer situação, agora é dominado, independente do que faça. O empate foi goleada para nós. Durante boa parte do jogo eu acreditei que teríamos mais uma derrota. O gol do Clayson, apesar de ter saído de um lance bonito, foi por sorte. O São Paulo foi claramente melhor que o Corinthians, mas é um absurdo dizer que deu aula (baixa a bola Petros). Não é a primeira vez que falo aqui e, provavelmente, não será a última: PRECISAMOS DE UMA MUDANÇA! Tudo que deu certo no começo, agora não dá mais, já é previsível. Não conseguimos mais jogar no erro do adversário, contra-ataque não funciona mais e as jogadas bonitas tornaram-se horríveis. Se o Corinthians não sabe o que fazer quando está com a bola, APRENDAM! Se não consegue mais dominar o jogo, que pelo menos aproveite as chances que tem. A queda de rendimento do time nos últimos jogos é absurda, tanto que não está entre os 10 melhores do segundo turno. É OBRIGAÇÃO se reinventar e criar um novo modelo de jogo. Como eu já disse, nem sempre vamos ter a sorte a nosso favor. O excesso de confiança no "podemos decidir quando quisermos", agora é arrogância. O Corinthians não é isso e não pode ser isso! ACORDEM. Ainda estamos com 10 pontos de vantagem para o vice-líder e precisamos manter assim. Se não fosse a campanha histórica do primeiro turno, o sofrimento pra manter a liderança seria maior.

POLÊMICAS

A última semana foi pura dor de cabeça para nós. Já sabemos que a grandeza do Corinthians incomoda e rende assunto infinito. Muitas vezes estamos associados à coisas ruins e, mesmo que não seja nada, vai se tornar polêmico se o Corinthians estiver no meio. Impressionante e revoltante. Vamos falar sobre alguns assuntos:

LA MANO DE JÔ

Como futura jornalista, tenho VERGONHA do sensacionalismo barato que criaram com essa história! Destruíram a vida do Jô por esse lance. E o que mais me deixa p*** da vida: a HIPOCRISIA com que trataram a situação. Sim, o Jô errou em não admitir após o jogo. Mas isso não é motivo para duvidarem do caráter dele e ainda o acusarem de coisas absurdas. Ser chamado de ladrão em rede nacional por uma pessoa que se acha A jornalista mas não é nada?? Ridículo! Ter uma reportagem de 4 MINUTOS onde é detonado na frente do Brasil todo?? Que vergonha de vocês "queridos colegas de profissão"! Tivemos inúmeros outros lances, ainda mais absurdos que esse e que não tiveram repercussão nenhuma! A desculpa? "Se fosse no domingo, com certeza iriamos falar". E DESDE QUANDO A NOTÍCIA TEM DIA CERTO PRA ACONTECER? Me poupem!! O cuspe do Bruno Henrique no jogo do Santos foi normal para vocês, defensores da moralidade esportiva? O gol de mão do "Fabuloso" no primeiro turno contra o Corinthians, foi aceitável? Caio Ribeiro, você que tanto cobrou honestidade do Jô, detonou a atitude dele não ter se acusado.. Fica aqui minha pergunta: Onde você enfiou sua honestidade no seu gol de "antebraço"? Assim como em tudo que acontece no Brasil, a hipocrisia também reina no futebol. VERGONHOSO!

RODRIGO CAIO E A "IMPRENSA CORINTHIANA"

Só queria saber onde esse ser, que exala inteligência, esteve nos últimos dias pra dizer o absurdo que disse.. Porque aqui no Brasil ele não estava não. Pra quem não sabe, após o jogo de ontem, Rodrigo Caio deu a seguinte declaração: "Muitas vezes, quando a gente joga contra o Corinthians, a arbitragem entra pressionada porque a gente vê que que a imprensa toda é corinthiana, vê que muitas pessoas só falam a favor do Corinthians". NÃO SE FAÇA DE IDIOTA, MEU AMIGO. Com todas as polêmicas que tivemos, todos os comentaristas/jornalistas detonando o Corinthians, duvidando do mérito do time no Campeonato, você ainda fala uma coisa dessa? Provavelmente não vivemos no mesmo mundo, porque eu não vejo NINGUÉM da imprensa falando a favor do Corinthians! Muito pelo contrário e um (dos) exemplos disso é o excelentíssimo senhor Fernando Sampaio, que em um surto de anti-corinthianismo, postou o seguinte:



Lamentável ver uma situação como essa, principalmente porque são essas pessoas que mais pedem "paz nos estádios" quando acontece uma briga entre torcidas. Mais uma vez, a HIPOCRISIA reina! Revejam seus conceitos de mídia Corinthiana e vejam se alguém vai dar atenção ao ônibus do Corinthians apedrejado na chegada ao Morumbi.

PAREM DE INCITAR A VIOLÊNCIA! O mundo já está tão cheio de ódio.. Já não basta a situação que vivemos no país (e no mundo) diariamente? FUTEBOL É (ou deve ser) ALEGRIA. É lamentável ver que após tantas tragédias no esporte, ainda existam pessoas de caráter tão baixo e ruim, a ponto de defender atitudes como essa. Não tirem a alegria do trabalhador honesto, que fica sem comer pra comprar um ingresso e assistir ao time do coração. Não tirem a alegria de quem vive do futebol. Não tirem a alegria da única coisa que ainda pode dar alegria à alguém! Atitudes assim me deixam cada vez mais decepcionada e com medo do que o ser humano é capaz de fazer!

Ah, e mais uma coisa. O Corinthians não está na liderança pela mão do Jô. Assim como o São Paulo não está no rebaixamento pelo Fair Play do Rodrigo Caio, no Paulistão. A arbitragem brasileira é uma piada! E se querem falar de ajuda/roubo, então falem sobre os jogos que o Corinthians também foi prejudicado.

GABRIEL

A rivalidade precisa sim existir! Faz parte do futebol e essa é a graça. Desde que tenha respeito. Ridícula a atitude que teve em sua comemoração. Pedir desculpas após receber ameaça é uma afirmação de que não se arrepende e que está com medo de alguma coisa. Lamentável. Além da falta de caráter, mostra que não tem profissionalismo nenhum. HOJE você está no Corinthians. Quem garante que amanhã você não receba uma proposta do São Paulo? E aí, com qual cara você vai chegar no time? Em campo, SEJA PROFISSIONAL! Tenha respeito! Você não sabe o dia de amanhã...

PETROS E JADSON

No fim do jogo, Petros deu uma entrevista e disse que "o São Paulo deu uma aula de futebol para o líder" e sobre as polêmicas, disse "já joguei lá", deixando a ideia de que ele já foi ajudado por arbitragem quando jogava no Corinthians. Assim como Gabriel, tenha mais respeito, meu caro Petros. Você está cuspindo no prato que comeu. Não se esqueça que o Corinthians ainda detém (infelizmente) 25% dos seus direitos. Respeite a camisa que você já vestiu um dia.
Rebatendo as declarações, Jadson resolveu dizer: "As declarações de Petros são irrelevantes para nós. Ele falou que a equipe dele deu uma aula, mas as posições estão invertidas, né?". Jadson, meu nobre colega, duas coisas pra você: FALA MENOS E TRABALHA MAIS! Você não está com essa moral toda. Se estivesse jogando o mesmo que está falando, seria o craque do time, sem dúvidas. Fica na sua e mostre que não treina a toa. Segundo: Não se esqueça que, das 3 derrotas do Corinthians nesse Brasileirão, duas foram pra times do Z-4. Essa de posições não cola! Os times da zona de rebaixamento estão jogando com mais vontade que vocês nesse segundo turno. Acorda pra vida e se preocupa em ajudar o Corinthians a ganhar esse título. Ficar falando e rebatendo declaração não resolve nada.

Os últimos jogos não estão me convencendo de que esse título "já é nosso". ACORDA, CORINTHIANS! Joguem com vontade, se reinventem, criem novas jogadas!! O campeonato ainda não acabou, então façam o favor de cumprir com o trabalho de vocês e joguem bola!

O próximo jogo é contra o Cruzeiro, em Minas, no domingo, às 16h.

VAAAAAAAAAAI CORINTHIANS!

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Arrancada Heroica

"Não nos querem Palestra, pois seremos Palmeiras e nascemos para ser campeões" 
Sr. Mário Minervino

Alguns dias atrás me deparei com alguns torcedores rivais dizendo que o Palmeiras não tinha história, pois não tem Mundial. Esse argumento é sem fundamento, e não cabe aqui hoje dizer a história do título de 1951. 
Disseram que o Palmeiras é pequeno, pois enfrentou 2 série B em apenas 10 anos. Time grande não cai? Cai sim! Time grande tem a honra de reconhecer a campanha ruim e aceitar o rebaixamento, ano passado o Internacional fez de tudo para não cair, ousou utilizar de uma tragédia para se manter na elite do futebol brasileiro, mas queridos, lutar para não cair é mostrar futebol em campo, fora isso é trapaça! 
Mas, novamente eu digo, esse texto não é para falar sobre isso. 
Hoje, completa-se 75 anos da Arranca Heroica. 
Diante da 2º Guerra Mundial, o Palestra Itália se viu obrigado a mudar de nome, em 1942, deixou de se chamar Palestra Itália para se chamar Palestra de São Paulo, o escudo também passou por mudanças, abandonou a cor vermelha e passou a ser verde e amarelo.  
Porém, os nosso rival, o São Paulo, começou a incentivar o governo a prejudicar o time alviverde, as partes interessadas em prejudicar a equipe começaram a alegar que "Palestra" fazia uma alusão a Itália, argumentando que a palavra era de origem italiana, mas a verdade é que Palestra tem origem grega.  
Com a situação, os dirigentes do Palestra se reuniram e decidiram novamente mudar de nome, surgiu então a Sociedade Esportiva Palmeiras. 
Estávamos para ganhar o título, a equipe até então havia feito um excelente campeonato, de dois jogos restante, precisava ganhar apenas um. 
O nosso primeiro jogo como Palmeiras foi exatamente contra o time que tanto queria nos prejudicar, durante a semana do clássico, os nossos adversários jogaram sujo e alegaram que o nosso Palmeiras era fascista e autoritário, portanto era contra o governo brasileiro. Afim de evitar esse tipo de comentário, o  Capitão Adalberto Mendes teve a brilhante ideia de entrar junto com o time e com eles carregando uma bandeira do Brasil. 
Dentro do gramado, o jogo foi intenso, porém ganhamos de 3x1 e conquistamos o título.
A nossa história é linda e rica, temos um histórico maravilhoso de goleiros que se tornaram ídolos e um deles foi fundamental nesse jogo,Oberdan Cattani é o nome dele! 
Nada me entristece mais do que um rival chegar e dizer que meu time não tem história, sendo que enfrentamos tudo para continuar existindo, conseguimos e ainda fomos campeão, tivemos grandes feitos e glórias, os momentos ruins serviram para que o time pudesse se reinventar. 
Heróico!
No ardor da partida ostentou sua fibra
Com as cores do meu Brasil. 
O meu Palmeiras, vestiu as cores da seleção brasileira, foi o time escolhido para reapresentar o Brasil em 07 de setembro de 1965, a equipe derrotou a seleção Uruguaia por 3x0. 
 Olê Palestra!
Com raça venceu a perseguição
Olê Palmeiras!
De fato o eterno campeão
Nós vencemos a perseguição, nos reinventamos, dizer que o meu time não tem história é não amar o futebol. 

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

A HISTÓRIA CONTINUA...


 Tri-Hexa campeão brasileiro (1997; 1986; 1991; 2006; 2007 e 2008)
Tri Libertadores (1992; 1993 e 2005)
Tri Mundial (1992; 1993 e 2005)
E tantos outros

Campeão Mundial - 1992
De 25 de janeiro de 1930 para sempre!
Que o São Paulo tem uma história grande ninguém pode negar. São apenas 87 anos de existência e uma galeria repleta de títulos nacionais e internacionais.
Mas toda história precisa ter uma continuação, porém não é isso que está acontecendo.
São 5 anos desde a última conquista do time (Sul-Americana 2012), mas o último título de real expressão foi o Brasileiro em 2008.

As vezes, quando olho alguns jogadores em campo penso "Não é possível que ele não saiba a história do time que joga" "Será que ele não sabe o peso dessa camisa?". 
Respeitar a história não é apenas saber os títulos do time, mas é dar continuidade a eles. Vários jogadores se esforçaram para que o São Paulo chegasse a ser o que é hoje, continuam apoiando grandemente o clube, mesmo do lado de fora.

Mas o que está acontecendo com o São Paulo que há anos não consegue ter uma sequência mais equilibrada de títulos?
Eu, sinceramente, não vejo grandes motivos que sejam grandes justificativas para isso. Mesmo nestes anos sem ganhar nada, o time tinha jogadores tecnicamentes bons; técnicos que passaram por aqui poderiam ter uma sequência maior de jogos, mas uma área que o São Paulo tem grandes defeitos é a defesa. Um exemplo é esse Campeonato Brasileiro: são 25 rodadas e a última em que o São Paulo não levou nenhum gol foi na 15ª contra o Vasco, na vitória por 1 x 0. Ao todo, são apenas 5 jogos sem sofrer gols até aqui no Brasileirão.
Depois que o Rogério Ceni caiu de rendimento, não houve um goleiro que o substituisse a altura. A lateral não encontra bons jogadores. Rodrigo Caio já teve vários companheiros de zaga. Não há estabilidade na parte defensiva do time, e isso é muito ruim.
Em todas as partidas do Brasileiro, o ataque não fez gol em 5. É preciso saber segurar o placar, fazer um gol e manter a vitória para garantir os 3 pontos.

Faltam jogadores que entram em campo para impor respeito e mostrar que o São Paulo é sim um time grande! Praticamente em todos os jogos, nossos adversários, que em sua maioria não tem 1/3 dos nossos títulos, provocam os jogadores, já entram em campo contanto vantagem. Esse tipo de provocação faz parte, mas não se pode deixar que eles acreditem que isso acontecerá, que irão "atropelar" o São Paulo.
Por muito tempo eu assistia aos jogos sem confiança no time, não havia entrega de ninguém em campo.
E esse respeito tem que vir dos atletas e de quem não está em campo também!

É muito bom ter a volta de jogadores que ajudaram a contruir a bela história do São Paulo, como o Hernanes, Lugano, Raí e o técnico Murici, por exemplo, mas seria melhor ainda se aqueles que estão chegando agora também o fizesse, também deixassem seu nome na história do clube na categoria daqueles que realmente fizeram história por aqui!

A torcida vai ao estádio, assiste pela TV, ouve jogos pelo rádio, porque ela quer ver entrega, quer ver o time que, independente da fase, saiba a camisa que está vestindo! Alguns jogadores tem que aplaudir mesmo, fazem de tudo em campo, mas é preciso que todos façam isso! A história do São Paulo é grande demais para se contentar com um meio de tabela ou com não cair para a segunda divisão!

"Tem que respeitar a camisa do São Paulo [...] E esse pessoal vai voltar a respeitar o São Paulo, porque o São Paulo é muito grande [...] Time grande, máximo respeito pela camisa do São Paulo" - Petros

SPFC eleito o melhor time brasileiro do Século XXI (2001 a 2011) na América do Sul - IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol)

#ACamisaMaisPesada #RespeitemNossaHistória #EuAcredito #VAMOSÃOPAULO